Teste genético para diagnóstico clínico: usar ou não usar?

Na rotina clínica os mais diversos exames são solicitados, seja para ajudar no diagnóstico de uma doença específica ou para fazer o check-up do paciente. Hemograma, leucograma, Raio X, ultrassom, dentre outros inúmeros procedimentos, ajudam o médico na avaliação. Muitas vezes, eles possibilitam o diagnóstico precoce, o que permite o tratamento do paciente ainda quando os sintomas não apareceram. Porém, há um teste disponível no Brasil e que poderia colaborar ainda mais para que as doenças fossem tratadas ou evitadas com mais especificidade: o teste genético.

Embora ainda não seja solicitado com tanta frequência, a utilização do teste genético torna possível adotar medidas que inibam o aparecimento da doença

Leia mais »