Arquivo Mensal: Junho 2019

  1. Depressão Infantil e a importância da prevenção do transtorno ainda na infância

    A depressão infantil está relacionada, na maioria das vezes, com a relação da criança com os demais. Portanto, o meio familiar e escolar são essenciais para dar suporte e identificar quando é preciso buscar ajuda psicológica.

    Por exemplo, se a criança vê sua mãe sorrir, ela se sentirá querida e reconhecida, estabelecendo uma reação de confiança com a figura materna para identificar o que sente. Porém, se a mãe estiver sempre chateada ou deprimida, a criança vai construir uma imagem de si mesma onde só cobrirá as expectativas impostas a ela, alheias aos sentimentos, pensamentos e desejos próprios.

    Portanto, é essencial que os familiares busquem construir uma relação positiva, afetiva e de confiança com os filhos.  Assim, com estímulo e motivação,

    Leia mais »
  2. Billie Eilish e depressão: Cantora participa de campanha sobre saúde mental

    Billie Eilish falou sobre saúde mental e como tem enfrentado a depressão em uma nova campanha norte-americana da Ad Council. A cantora de 17 anos é classificada pela Rolling Stone como “a primeira hitmaker nascida neste século”. Portanto, uma figura como Billie Eilish falar sobre saúde mental com certeza influencia na conscientização dos jovens sobre a importância do tema.

    No vídeo, que está disponível no YouTube, a jovem admite que ainda está tentando aprender como ter certeza de que está “ok”. Além disso, ela reforça a importância de pedir ajuda e de perceber quando as pessoas ao redor precisam de apoio. “Não deveria te fazer se sentir fraco pedir ajuda para qualquer pessoa e você deveria conseguir pedir ajuda para

    Leia mais »
  3. Obesidade Infantil: Crianças obesas têm 4 vezes mais chance de ter depressão

    A obesidade infantil tem aumentado nas últimas décadas e estudos apontam que crianças obesas têm mais chance de ter depressão. O dia 3 de junho é dedicado a Conscientização contra Obesidade Infantil e traz o tema para o debate. Além de estar associado a problemas de saúde, como doenças cardiovasculares, o excesso de peso representa um risco maior de desenvolver transtornos psicológicos.

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem alertado sobre os níveis alarmantes de obesidade infantil no mundo. De acordo com um relatório da Comissão para Acabar com a Obesidade Infantil, há pelo menos 41 milhões de crianças com menos de cinco anos que estão obesas ou acima do peso. Entre as recomendações da Comissão estão o incentivo à atividade física e combate ao sedentarismo entre crianças e adolescentes.

    Leia mais »