tratamento para depressão

  1. Não tá tudo bem, mas vai ficar: Série do Fantástico sobre Depressão, com Drauzio Varella

    No início de agosto estreou no Fantástico a série Não tá tudo bem, mas vai ficar, apresentada pelo médico Drauzio Varella. Durante todo o mês, o transtorno depressivo será abordado trazendo diferentes perspectivas a cada domingo.

    De uma forma didática, Drauzio Varella explica como a depressão interfere na vida dos pacientes e suas famílias. As reportagens trazem depoimentos que mostram como qualquer pessoa está suscetível à doença.

     

    A dificuldade do diagnóstico da depressão

    A cantora Paula Fernandes é uma das entrevistadas. Ela compartilha como sofre com depressão desde os 15 anos e como o transtorno já interferiu na sua carreira. O primeiro episódio de Não tá tudo

    Leia mais »
  2. Depressão: Como lidar no dia a dia?

    O transtorno depressivo provoca uma vontade paralisada, necessidade de isolamento e pensamentos negativos persistentes. Como lidar com a depressão para vencer a doença e retomar as atividades diárias? Muitas vezes isso pode parecer um desafio, mas é com passos pequenos que o paciente consegue evoluir.

    Por mais que um primeiro passo para socializar ou fazer exercício físico seja difícil, são atitudes como essa que vão ajudar a pessoa com depressão a se recuperar. Após procurar ajuda profissional de um psiquiatra, confira algumas dicas para lidar com a depressão no dia a dia:

     

    1. Busque o apoio de amigos e família

    A própria doença gera a sensação de solidão e vontade

    Leia mais »
  3. A diferença entre psicólogo e psiquiatra no tratamento para depressão

    A depressão é um transtorno psicológico que pode ser tratado por psicólogos e psiquiatras. Aproveitando o mês do Dia do Psiquiatra (13/8) e Dia do Psicólogo (27/8), vamos falar do papel de cada profissional durante o tratamento e de sua importância.

    O transtorno depressivo passou a ser uma pauta mais comentada recentemente e ainda envolve muitos tabus. Com isso, ainda existem preconceitos a respeito do trabalho psicólogo e o psiquiatra.

    Infelizmente, o estigma a respeito da doença impede muitas pessoas de buscarem ajuda e tratamento. Portanto, a informação sobre o tema é tão relevante para que seja possível superar as barreiras em relação à saúde mental.

    É possível tratar a depressão

    Leia mais »
  4. Como os pais podem influenciar na depressão dos filhos

    Estudos mostram que pais com depressão podem influenciar no risco de problemas psicológicos dos filhos. As relações com a mãe e o pai são essenciais para o desenvolvimento das crianças. Sendo assim, quando essas figuras enfrentam uma instabilidade emocional, isso acaba refletindo nos filhos.

    A depressão materna contribui para diversos problemas de desenvolvimento na primeira infância. Por exemplo, prejudicando o funcionamento cognitivo, social e acadêmico. Como resultado, os filhos de mães depressivas são duas vezes mais propensos a desenvolver problemas de ajustamento, inclusive transtornos de humor.

    Em comparação com bebês de mães saudáveis, os filhos de mães que enfrentam a doença são mais nervosos,

    Leia mais »