Pesquisar
Close this search box.

Comprovação científica do laudo

Painéis de alta credibilidade e evidência científica

A análise farmacogenética realizada pela GnTech® é construída a partir de diferentes fontes de informações contidas nas bulas dos fármacos, diretrizes clínicas emitidas por órgãos oficiais e no banco de conhecimento farmacogenômico (PharmGKB). 

Os níveis de evidência científica e/ou significância clínica disponíveis para cada interação gene-fármaco são representados no laudo por gráficos de completude definidos conforme descrito a seguir:

Suporte científico baseado em informações contidas em diretrizes clínicas (CPIC, DPWG, CPNDS e CDC) e/ou nas bulas dos fármacos aprovados por órgãos oficiais (FDA, HCSC, EMA, PMDA, Swissmedic), que tenham sido interpretadas pelo PharmGKB como, no mínimo, acionáveis.

Suporte científico baseado em informações contidas no PharmGKB ao nível de evidência 1 que não sejam abordadas por bula ou diretriz.

Suporte científico baseado em informações contidas no PharmGKB ao nível de evidência 2 que não sejam abordadas por bula ou diretriz.

Suporte científico baseado em informações contidas no PharmGKB ao nível de evidência 3 que não sejam abordadas por bula ou diretriz.

Suporte científico baseado em informações contidas em estudos de caso, observações na prática clínica ou evidências in vitro, moleculares e funcionais.

Órgãos oficiais e bancos de conhecimento

Instituições especializadas em farmacogenética consideradas pela GnTech

Estudo científico

Impacto da farmacogenômica nos resultados clínicos do transtorno depressivo maior (TDM) no estudo GUIDED*: um grande estudo cego para pacientes e avaliadores, randomizado e controlado.

Como o estudo foi projetado:
Estudo de 24 semanas realizado com 1.167 pacientes com TDM e resposta inadequada a pelo menos um antidepressivo;

Compara indivíduos em tratamento guiado pelos resultados do teste farmacogenético com indivíduos em tratamento padrão (TAU).

*Estudo GUIDED (Genomics Used to Improve Depression Decisions): estudo que teve como objetivo avaliar a utilidade dos testes farmacogenômicos para melhorar os resultados entre pacientes com transtorno depressivo maior (TDM) que não responderam a pelo menos uma tentativa anterior de medicação.

Resultados do estudo

Estudo científico

Impacto da farmacogenômica nos resultados clínicos de pacientes que tomam medicamentos com interações gene-fármacos em um ensaio clínico randomizado.

Como o estudo foi projetado:
O estudo GUIDED* ocorreu ao longo de 24 semanas, de forma cega, controlada, e randomizada, e foram estudados 912 pacientes distribuídos em dois grupos:  

  • Tratamento guiado pelos resultados do teste farmacogenético, que possuíssem uma variação gene-fármaco acionável;

  • Tratamento padrão.

Teve como objetivo para avaliar o resultado do tratamento de pacientes com TDM quando o mesmo foi guiado pelos resultados do teste farmacogenéticoem comparação com pacientes com o mesmo diagnóticos mas que foram tratados de forma padrão (sem os resultados do teste farmacogenético).

*Estudo GUIDED (Genomics Used to Improve Depression Decisions): estudo que teve como objetivo avaliar a utilidade dos testes farmacogenômicos para melhorar os resultados entre pacientes com transtorno depressivo maior (TDM) que não responderam a pelo menos uma tentativa anterior de medicação.

Resultados do estudo

Estudo científico

Um painel farmacogenético de 12 genes para prevenir reações adversas a medicamentos: um estudo de implementação cruzado, aberto, multicêntrico, controlado e randomizado por grupos

Como o estudo foi projetado:

O estudo avaliou a implementação do teste farmacogenético em instituições de saúde de 7 países europeus. Foram avaliados dados de 6.944 pacientes. Foram incluídos no estudo, pacientes com 18 anos ou mais que receberam uma primeira prescrição de um medicamento clinicamente recomendado pelas diretrizes do Grupo de Trabalho de Farmacogenética Holandês (DPWG). 

A pesquisa envolveu a avaliação de 12 genes dos pacientes. Aqueles identificados com uma variante genética que influencia a eficácia do medicamento (conhecida como variante acionável) receberam um tratamento personalizado conforme as orientações do DPWG. Em contrapartida, o grupo controle continuou com o regime de tratamento padrão.

Resultados do estudo

Estudo científico

Farmacogenômica combinatória e melhores resultados para pacientes com depressão: tratamento indicado por médicos de atenção primária ou psiquiatras

Como o estudo foi projetado:​

O estudo, de caráter prospectivo e naturalista, com duração de 8 a 12 semanas, analisou 1.871 pacientes enfrentando depressão de moderada a grave.

Esses indivíduos receberam tratamento de profissionais de cuidados primários ou psiquiatras. A pesquisa centrou-se em examinar o impacto do teste farmacogenético* nos resultados clínicos dos pacientes, utilizando como instrumento de avaliação o Inventário de Depressão de Beck.

*Teste farmacogenético Genesight

Resultados do estudo

Depoimentos de PACIENTES

+14.000 vidas impactadas positivamente com o teste. Conheça as suas histórias de sucesso.

Os casos de sucesso apresentados neste site são exemplos de pacientes que se beneficiaram com o teste farmacogenético. Os resultados e benefícios do teste farmacogenético podem variar de acordo com o seu perfil. Não garantimos que todos os pacientes obterão os mesmos resultados ou benefícios. Recomendamos uma consulta médica para discutir os resultados e determinar o melhor plano de tratamento.

Exclusivo para clientes GnTech

Atendimento gratuito para interpretação do laudo farmacogenético.

Um time de especialistas em genética para auxiliar você e seu médico a interpretar o resultado do seu Teste Farmacogenético.

Baixe gratuitamente um exemplo de laudo

Conheça o laudo farmacogenético mais intuitivo, completo e recomendado do Brasil.

ESCOLHA O MELHOR PARA VOCÊ

Conheça nossas soluções em testes farmacogenéticos

Testes completos para otimizar e personalizar o tratamento de diversas condições de saúde mental (depressão, ansiedade, TDAH, bipolaridade, etc.), com análise aprofundada e alta abrangência de genes e fármacos.

Com o TotalGene, o Teste Farmacogenético mais completo do mercado, você terá um guia de como o seu organismo tende a responder e metabolizar medicamentos para diversas condições de saúde: psiquiátricos e neurológicos, oncológicos, cardiológicos, gastrológicos e doenças infecciosas.

Testes preditivos para avaliar as chances de desenvolvimento de neoplasias hereditárias (mama, ovário, próstata, gastrointestinal, leucemias, entre outras), norteando ações preventivas.

Além de testes para ajustes de dose e seleção de antineoplásicos, imunossupressores e outros fármacos de interesse oncológico, com análise aprofundada e alta abrangência de genes e fármacos.

Busque o teste farmacogenético ideal para você

Busque e compare medicamentos de seu interesse e seus respectivos testes farmacogenéticos.

A ferramenta de busca é simples e intuitiva. Basta digitar o nome do medicamento, ou fármaco, ou classe de seu interesse e pronto! Ou, se preferir, você pode fazer uma busca menos específica, folheando página por página todos os medicamentos atendidos.

Os resultados da busca incluem o nome do medicamento, o tipo de análise que é feita (ajuste de dose, análise resposta e/ou efeitos colaterais), e os genes analisados.

Você também pode navegar entre as abas para conhecer as diferentes áreas de interesse: Saúde Mental, Saúde Total, Oncologia, Cardiologia e Infectologia.