Pesquisar
Close this search box.

Teste Farmacogenético PsicoGene Pro

R$ 3.997,00

Até 10x de R$399,70 sem juros no cartão.

Frete grátis

10% off no Pix

Atendimento gratuito

O PsicoGene Pro é o Teste Farmacogenético da GnTech mais indicado pelos especialistas do Brasil no tratamento de diversos transtornos e condições de saúde mental, como depressão, ansiedade, TDAH, bipolaridade, síndrome do pânico, TEA, entre outros. Com o PsicoGene você e seu médico irão entender como os seus genes podem afetar os resultados do seu tratamento, podendo revelar quais medicamentos requerem ajustes na dosagem, possuem menos probabilidade de funcionar ou possuem um risco aumentado de efeitos colaterais, tudo isso com base no seu DNA. O teste analisa medicamentos como: antidepressivos, ansiolíticos, antipsicóticos, psicoestimulantes, entre outros.

Para pacientes que desejam uma abordagem personalizada para o seu tratamento medicamentoso para condições de saúde mental como: depressão, ansiedade, TDAH, bipolaridade, síndrome do pânico, TEA, entre outros. Algumas das principais indicações para o teste são:

✅ Pacientes que relatam efeitos colaterais indesejados de forma frequente: Ansiedade, Insônia, fraqueza, problemas gastrointestinais, fadiga, disfunção sexual, ganho de peso, taquicardia, depressão entre outros.

✅ Pacientes que apresentam dificuldade em ajustar a dose correta (aumentar, manter ou diminuir a dose).

✅ Pacientes com múltiplas falhas de tratamento mesmo após utilização de altas doses e diferentes medicamentos. Exemplo: depressão resistente (ou refratária).

✅ Pacientes que fazem o uso de vários medicamentos ao mesmo tempo (polifarmácia);

✅ Pacientes esgotados com a abordagem de tentativa e erro;

✅ Pacientes iniciando ou em tratamento medicamentoso que desejam a personalização do tratamento.

No seu tratamento medicamentoso para condições de saúde mental como depressão, ansiedade, TDAH, bipolaridade, síndrome do pânico, TEA, entre outros, este teste ajudar a guiar:

Ajustes de dose: Ajuda a determinar a dose ideal do medicamento, permitindo ajustes precisos, seja aumentando, mantendo ou diminuindo a dose. Isso ajuda a otimizar a eficácia do tratamento.

Análise avançada de resposta: Analisa como o organismo provavelmente responderá a um determinado medicamento, auxiliando na escolha do tratamento mais adequado.

Análise avançada de efeitos colaterais: Identifica predisposições genéticas a efeitos colaterais adversos, permitindo a seleção de medicamentos que minimizem esses riscos, melhorando a aderência ao tratamento.

Análise do gene MTHFR: avalia o gene MTHFR, que desempenha um papel importante na metabolização de certos medicamentos.

Análise de 120 fármacos e 33 genes, como por exemplo:

22 Antidepressivos: Sertralina (Zoloft), Fluoxetina (Prozac), Amitriptilina (Prozac) e mais.

5 Ansiolíticos: Clonazepam (Rivotril), Diazepam (Valium), Alprazolam (Frontal) e mais.

13 Antipsicóticos: Risperidona (Risperdal), Quetiapina (Seroquel), Haloperidol (Haldol) e mais.

3 Psicoestimulantes: Lisdexanfetamina (Venvanse), Metilfenidato (Ritalina), Anfetamina (Evekeo).

3 Canabinóides: Canabidiol (Epidiolex), THC, Extrato de cannabis.

Mais outras 14 classes analisadas.

Genes: ABCB1, ADRA2A, ANKK1, BDNF, COMT, CYP1A2, CYP2B6, CYP2C9, CYP2C19, CYP2D6, CYP3A4, CYP3A5, DRD1, DRD2, EPHX1, FKBP5, G6PD, GNB3, GRIK4, GSK3B, HTR1A, HTR2A, HTR2C, HLA-A, HLA-B, MC4R, MTHFR, OPRD1, OPRM1, SLC6A2, SLC6A4, UGT1A4, UGT2B15.

Clique no botão abaixo e confira a lista completa de fármacos e genes analisados desse, e de outros testes.

120

 Fármaco(s) analisado(s):

Antidepressivos, Ansiolíticos, Antipsicóticos, Psicoestimulantes, Canabinóides e mais.
33

 Gene(s) analisado(s):

MTHFR, CYP2D6, CYP2C19, CYP3A4, HTR2A, SLC6A4, FKBP5, ABCB1, e mais.
selo-lider-e-pioneira-teste-farmacogenetico-gntech

Personalize o seu tratamento medicamentoso

O que é o teste farmacogenético e para que serve?

O Teste Farmacogenético analisa o DNA de uma pessoa para avaliar como ela tende a metabolizar e responder aos medicamentos.

Essas informações podem ser usadas pelos médicos para oferecer um tratamento individualizado, com base na genética do paciente, entendendo melhor quais medicamentos podem exigir ajustes de dose, quais podem ter menos probabilidade de funcionar ou quais podem ter um risco aumentado de efeitos colaterais.

“O teste farmacogenético torna o tratamento mais eficiente, com menos efeitos colaterais, além de não gastar dinheiro com tratamentos ineficazes”.

Dr. Guido Boabaid May, Psiquiatra, CEO e fundador da GnTech.